Blog dedicado ao mundo da corrida e do desenvolvimento pessoal

.favorito

. Estás Motivado?

. A Roda da excelência

. Psicologia das lesões, ou...

. Corredores, quem somos nó...

. Correr, para quê?

. Projecto Espaço Jovem - C...

. O Furacão da Estrada – hi...

. A viagem

. O “baldas” mais aplicado ...

. A excelência aqui tão per...

.arquivos

. Novembro 2016

. Janeiro 2016

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Maio 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Agosto 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.Visitantes

.Entrevista CorreComAlma RCSantarém

.Berlin 2009

.You Ready?

.Carlos Lopes - voltaremos a ter outro?

.Why I Run

Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010

Auto-análise ou a forma como cada um utiliza todos os recursos para se aperfeiçoar

 

A auto-análise tem sido por diversas vezes referida como um excelente meio para a descoberta pessoal e fenómeno que permite a melhoria das próprias capacidades e de ai em diante uma possibilidade de influir positivamente nos outros e na criação de um mundo melhor.

Algumas pessoas parecem ter uma capacidade notável de transformarem todos os acontecimentos que lhe ocorrem em impulsos para se desenvolverem.

Este fim-de-semana recebi um e-mail de uma dessas pessoas. Antes de seguir com maiores explicações sobre o assunto, passo à história que ilustra o que pretendo.

 

De: Luís Crisóstomo [mailto:luiscrisostomo@sapo.pt]
Enviada: sábado, 20 de Novembro de 2010 22:22
Para: 'Paulo Paixão Miguel'
Assunto: Provas de hoje

 

Boa noite!
 
Como te tinha dito hoje era dia de provas no Complexo Desportivo da Covilhã. Após uma manhã que prometia um dia óptimo veio uma tarde fria e chuvosa, que nada contribuiu para uma pista muito, muito dura. Bem, com esta frase começa-se a antever que não fiquei nada satisfeito com a prestação obtida, o que é totalmente verdade…
Os tempos foram manuais (como sempre neste distrito) e não havia controlo de vento, embora este fosse fraco e contrário ao sentido do movimento na recta da meta. Acabei por fazer também os 60m, que eram 15min antes dos 100m. De todo o modo, as provas começaram atrasadas mas, com a pouca participação, o programa voltou rápido às horas normais, até antecipando. Deste modo, desde os 60m até aos 400m passaram apenas 30min.
Nos 60m ganhei, à frente dos meus colegas da Universidade, mas não faço ideia da marca, só amanhã deve ser publicada no site. De notar que nenhum deles é grande atleta… Ou seja, a minha vitória não foi mais do que era a minha obrigação.
Nos 100m fiquei em 2º atrás de um atleta de nível da Vidigalense que estuda em Castelo Branco. Ele fez 11’15, eu 12’00 e o primeiro dos meus colegas de Universidade fez 12’30. Eu sentia esse demasiado perto de mim e já o sentira nos 60m, o que me deixa negativamente perplexo.
Nos 400m corri sozinho. Totalmente sozinho. Fiz a prova sem ter sentido grande esforço… o que antevia um resultado desastroso. E assim foi; 59’40. Consigo fazer séries mais rápidas… Acho que nem merece comentários…
Se há algum comentário a fazer é que só posso encarar estas provas como mais um treino. Estou constantemente a fazer alterações ao plano de treino mas espero poder seguir mais certo agora. Treino sempre pelo menos 4 dias por semana, mas esta semana, por exemplo, treinei 3 dias seguidos, ou seja, não estou a intervalar bem treino e descanso, vou simplesmente treinando sempre que posso.
Espero que em Alpiarça as provas tenham corrido bem melhor!
 
Abraço,
Luís Crisóstomo
 

De: Paulo Paixão Miguel [mailto:ppaixmiguel@sapo.pt]
Enviada: segunda-feira, 22 de Novembro de 2010 11:15
Para: 'Luís Crisóstomo'
Assunto: RE: Provas de hoje

 

Oi Crisóstomo,
Como sabes este fds estive em Madrid em mais uma jornada da pós-graduação em Inteligência Emocional (para desenvolvimento do talento pessoal e profissional) e por isso só agora vejo este teu e-mail.
Como é teu hábito, descreves cada assunto de uma forma que dá gosto a quem lê, ler essas mesmas linhas. Apesar de muitas das vezes os resultados desportivos ficarem aquém das tuas expectativas, quiçá um pouco modestos, o que eu vejo aqui é uma capacidade de auto-análise impar e espectacular. Consegues expressar o que sentiste sobre os acontecimentos de maneira a que ao lermos conseguimos acompanhar-te como se estivemos lá.
Já sabes o que acho sobre o assunto, de todo o modo volto a repetir, por um lado a tua grande capacidade para escrever de forma simples e fluida de maneira que todos entendemos – acho que deves explorar a coisa, há aí muito talento para soltar (tenho lido muitos autores que não têm a facilidade de escrita que tu tens).
Por outro lado, a forma como consegues expressar o que sentes sobre o acontecimento desportivo é exemplar para qualquer atleta – isso permite a quem está do outro lado, um trabalho muito mais simples na hora de analisar e eventualmente de corrigir ou escolher e planear o treino.
Na verdade, creio que alguns atletas têm medo dessa exposição e de se abrirem o suficiente para partilhar o que se passa com eles mesmos. Esta análise é necessária e pode muitas vezes não ser muito fácil, mas para quem pretende melhorar as suas capacidades pessoais e desportivas é fundamental que ouse faze-lo. Só assim se descobre os verdadeiros talentos que cada um tem escondidos e que necessitam às vezes que se escave um pouco além da superfície, tarefa árdua momentaneamente mas que a seu tempo permitirá a verdadeira explosão do potencial de cada um.
Quanto à escolha dos teus treinos, creio que a opção que tens tomado está óptima atendendo às condicionantes e aos compromissos que foste assumindo. Uma boa gestão de treinos, aulas, e actividades da associação de estudantes e do clube universitário exigem-se, articulados também com necessário repouso, mas também um pouco da actividade social e nocturna, habitual no mundo universitário (para alguns muito intensa…).
Resumindo, o plano melhor será a arte de escolher o que é fundamental para ti.
Por Alpiarça, o destaque vai para o Camilo que fez 7,31 e o Cris 7,36 qualquer deles record pessoal.
Bem, acabei  por me esticar na prosa e assim sendo, se estiveres de acordo, logo ponho isto no blog… Há coisas que merecem ser divulgadas.
Grande abraço
 
Paulo Paixão Miguel

  

De: Luís Crisóstomo [mailto:luiscrisostomo@sapo.pt]
Enviada: segunda-feira, 22 de Novembro de 2010 13:50
Para: 'Paulo Paixão Miguel'
Assunto: RE: Provas de hoje

 

Boa tarde!
 
Vou começar pelo fim. Grandes resultados esses, tanto de um como de outro! Imagino que os treinos por Rio Maior estejam a aquecer o frio crescente do Outono!
Já tenho a marca oficial da prova de 60m. Oficial mas pouco, já que não havia anemómetro nem photo phinish… Tiraram 7’3, que mesmo com tempo manual dá 7’ 54, o que também é record pessoal, mas duvido bastante desta marca…
Já nem me lembrava que ias a Madrid! Para a semana vou estar por casa, por isso vou ajuizar as provas de Sábado. Quanto à minha escrita só posso mesmo dizer que para mim é natural, nem sequer requer um pensamento muito elaborado, embora tenha noção de pequenas coisas que ma fizeram trabalhar. Lembro-me por exemplo dos meus primeiros testes de Ciências da Natureza, no 5º ano, onde tinha muitas respostas incompletas, tanto por falta de pormenores como por “a professora sabe o que eu quero dizer”. Obviamente tive de reverter essa situação, e a partir daí as minhas justificações eram intocáveis. Não terá sido só isto, mas é algo que me lembro e me rio.
Por mim podes publicar no teu blog mais esse relato! ;)
Abraço,
Luís Crisóstomo

 

Mais palavras para quê, o Crisóstomo é um daqueles tipos que se cruza na nossa vida e temos de agradecer pelo seu exemplo de superação e de usar tudo o que lhe acontece para seguir a sua caminhada de desenvolvimento.

Bons treinos para ele e para todos…

publicado por ppmiguel às 14:09
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

.CorreComAlma.com

Blog de apoio ao site www.correcomalma.com

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.fotos corrida

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds