Blog dedicado ao mundo da corrida e do desenvolvimento pessoal

.favorito

. Estás Motivado?

. A Roda da excelência

. Psicologia das lesões, ou...

. Corredores, quem somos nó...

. Correr, para quê?

. Projecto Espaço Jovem - C...

. O Furacão da Estrada – hi...

. A viagem

. O “baldas” mais aplicado ...

. A excelência aqui tão per...

.arquivos

. Novembro 2016

. Janeiro 2016

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Maio 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Agosto 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.Visitantes

.Entrevista CorreComAlma RCSantarém

.Berlin 2009

.You Ready?

.Carlos Lopes - voltaremos a ter outro?

.Why I Run

Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

Um novo olhar

 

Num pequeno livro em que Hermínio Araújo fala sobre S. Francisco retirei uns apontamentos interessantes sobre aquilo que apresentam como o que pode ser o nosso olhar sobre determinado assunto, ou sobre a vida se quiserem.
Encoraja-nos a ter um novo olhar, uma mudança que se traduz sobretudo como atenção e crédito à realidade, a centrarmo-nos no essencial, a abrir os olhos e a admirar e contemplar!
O olhar, ou a atitude que temos perante a vida é de particular importância para cada um de nós. Cada pessoa é aquilo que olha, vê o que lhe interessa. Diz-me como te colocas perante a realidade, e dir-te-ei quem és!
Há olhares que matam e há olhares que dão vida. Há olhares destruidores, mas também há olhares criadores. Há olhares que envenenam, e outros que purificam. Há olhares indiferentes, que nunca vêem nada, ou inquisitoriais, que só vêem adversários e defeitos, receosos, que só vêem perigos e possessivos, que só vêem objectos. Mas também há olhares comunicativos, acolhedores e amorosos que criam empatia e, dão animo e paz. 
Provavelmente cada um de nós já teve cada um destes olhares. Para diferentes situações será necessário escolher diferentes formas de olhar. Cada um deve escolher o seu. Tenho para mim que cada escolha é uma semente. Na minha corrida estou a empenhar-me em espalhar apenas as melhores sementes e os melhores olhares. Nem sempre consigo, mas continuo a tentar…
publicado por ppmiguel às 23:57
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
| | partilhar

.CorreComAlma.com

Blog de apoio ao site www.correcomalma.com

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.fotos corrida

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds