Blog dedicado ao mundo da corrida e do desenvolvimento pessoal

.favorito

. Estás Motivado?

. A Roda da excelência

. Psicologia das lesões, ou...

. Corredores, quem somos nó...

. Correr, para quê?

. Projecto Espaço Jovem - C...

. O Furacão da Estrada – hi...

. A viagem

. O “baldas” mais aplicado ...

. A excelência aqui tão per...

.arquivos

. Novembro 2016

. Janeiro 2016

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Maio 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Agosto 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

.Visitantes

.Entrevista CorreComAlma RCSantarém

.Berlin 2009

.You Ready?

.Carlos Lopes - voltaremos a ter outro?

.Why I Run

Domingo, 10 de Abril de 2011

O Desafio

O Desafio está agora como título do novo video CorreComAlma. O objectivo deste video é ilustrar a forma como devemos encarar cada um dos desafios a que nos propomos, sejam eles relativos ao ambito desportivo ou a outras areas da nossa vida pessoal.

Deixo-vos o video

 

E o texto

O DESAFIO 

Define o teu objectivo de forma clara

Ajuda-te a ti mesmo, pensa que és capaz

Tens dúvidas?

Partilha a tua ansiedade, desejos e sensações

Estuda o assunto

Treina de forma empenhada

Faz-te amigo da exigência e do esforço

Mas, sê Flexivel e Equilibrado

Refina a tua Técnica

Cuida da Recuperação

Visualiza o teu Sucesso,

Desenha-o na tua mente

Dá o teu máximo,

... e diverte-te!!

 

publicado por ppmiguel às 17:13
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010

Auto-análise ou a forma como cada um utiliza todos os recursos para se aperfeiçoar

 

A auto-análise tem sido por diversas vezes referida como um excelente meio para a descoberta pessoal e fenómeno que permite a melhoria das próprias capacidades e de ai em diante uma possibilidade de influir positivamente nos outros e na criação de um mundo melhor.

Algumas pessoas parecem ter uma capacidade notável de transformarem todos os acontecimentos que lhe ocorrem em impulsos para se desenvolverem.

Este fim-de-semana recebi um e-mail de uma dessas pessoas. Antes de seguir com maiores explicações sobre o assunto, passo à história que ilustra o que pretendo.

 

De: Luís Crisóstomo [mailto:luiscrisostomo@sapo.pt]
Enviada: sábado, 20 de Novembro de 2010 22:22
Para: 'Paulo Paixão Miguel'
Assunto: Provas de hoje

 

Boa noite!
 
Como te tinha dito hoje era dia de provas no Complexo Desportivo da Covilhã. Após uma manhã que prometia um dia óptimo veio uma tarde fria e chuvosa, que nada contribuiu para uma pista muito, muito dura. Bem, com esta frase começa-se a antever que não fiquei nada satisfeito com a prestação obtida, o que é totalmente verdade…
Os tempos foram manuais (como sempre neste distrito) e não havia controlo de vento, embora este fosse fraco e contrário ao sentido do movimento na recta da meta. Acabei por fazer também os 60m, que eram 15min antes dos 100m. De todo o modo, as provas começaram atrasadas mas, com a pouca participação, o programa voltou rápido às horas normais, até antecipando. Deste modo, desde os 60m até aos 400m passaram apenas 30min.
Nos 60m ganhei, à frente dos meus colegas da Universidade, mas não faço ideia da marca, só amanhã deve ser publicada no site. De notar que nenhum deles é grande atleta… Ou seja, a minha vitória não foi mais do que era a minha obrigação.
Nos 100m fiquei em 2º atrás de um atleta de nível da Vidigalense que estuda em Castelo Branco. Ele fez 11’15, eu 12’00 e o primeiro dos meus colegas de Universidade fez 12’30. Eu sentia esse demasiado perto de mim e já o sentira nos 60m, o que me deixa negativamente perplexo.
Nos 400m corri sozinho. Totalmente sozinho. Fiz a prova sem ter sentido grande esforço… o que antevia um resultado desastroso. E assim foi; 59’40. Consigo fazer séries mais rápidas… Acho que nem merece comentários…
Se há algum comentário a fazer é que só posso encarar estas provas como mais um treino. Estou constantemente a fazer alterações ao plano de treino mas espero poder seguir mais certo agora. Treino sempre pelo menos 4 dias por semana, mas esta semana, por exemplo, treinei 3 dias seguidos, ou seja, não estou a intervalar bem treino e descanso, vou simplesmente treinando sempre que posso.
Espero que em Alpiarça as provas tenham corrido bem melhor!
 
Abraço,
Luís Crisóstomo
 

De: Paulo Paixão Miguel [mailto:ppaixmiguel@sapo.pt]
Enviada: segunda-feira, 22 de Novembro de 2010 11:15
Para: 'Luís Crisóstomo'
Assunto: RE: Provas de hoje

 

Oi Crisóstomo,
Como sabes este fds estive em Madrid em mais uma jornada da pós-graduação em Inteligência Emocional (para desenvolvimento do talento pessoal e profissional) e por isso só agora vejo este teu e-mail.
Como é teu hábito, descreves cada assunto de uma forma que dá gosto a quem lê, ler essas mesmas linhas. Apesar de muitas das vezes os resultados desportivos ficarem aquém das tuas expectativas, quiçá um pouco modestos, o que eu vejo aqui é uma capacidade de auto-análise impar e espectacular. Consegues expressar o que sentiste sobre os acontecimentos de maneira a que ao lermos conseguimos acompanhar-te como se estivemos lá.
Já sabes o que acho sobre o assunto, de todo o modo volto a repetir, por um lado a tua grande capacidade para escrever de forma simples e fluida de maneira que todos entendemos – acho que deves explorar a coisa, há aí muito talento para soltar (tenho lido muitos autores que não têm a facilidade de escrita que tu tens).
Por outro lado, a forma como consegues expressar o que sentes sobre o acontecimento desportivo é exemplar para qualquer atleta – isso permite a quem está do outro lado, um trabalho muito mais simples na hora de analisar e eventualmente de corrigir ou escolher e planear o treino.
Na verdade, creio que alguns atletas têm medo dessa exposição e de se abrirem o suficiente para partilhar o que se passa com eles mesmos. Esta análise é necessária e pode muitas vezes não ser muito fácil, mas para quem pretende melhorar as suas capacidades pessoais e desportivas é fundamental que ouse faze-lo. Só assim se descobre os verdadeiros talentos que cada um tem escondidos e que necessitam às vezes que se escave um pouco além da superfície, tarefa árdua momentaneamente mas que a seu tempo permitirá a verdadeira explosão do potencial de cada um.
Quanto à escolha dos teus treinos, creio que a opção que tens tomado está óptima atendendo às condicionantes e aos compromissos que foste assumindo. Uma boa gestão de treinos, aulas, e actividades da associação de estudantes e do clube universitário exigem-se, articulados também com necessário repouso, mas também um pouco da actividade social e nocturna, habitual no mundo universitário (para alguns muito intensa…).
Resumindo, o plano melhor será a arte de escolher o que é fundamental para ti.
Por Alpiarça, o destaque vai para o Camilo que fez 7,31 e o Cris 7,36 qualquer deles record pessoal.
Bem, acabei  por me esticar na prosa e assim sendo, se estiveres de acordo, logo ponho isto no blog… Há coisas que merecem ser divulgadas.
Grande abraço
 
Paulo Paixão Miguel

  

De: Luís Crisóstomo [mailto:luiscrisostomo@sapo.pt]
Enviada: segunda-feira, 22 de Novembro de 2010 13:50
Para: 'Paulo Paixão Miguel'
Assunto: RE: Provas de hoje

 

Boa tarde!
 
Vou começar pelo fim. Grandes resultados esses, tanto de um como de outro! Imagino que os treinos por Rio Maior estejam a aquecer o frio crescente do Outono!
Já tenho a marca oficial da prova de 60m. Oficial mas pouco, já que não havia anemómetro nem photo phinish… Tiraram 7’3, que mesmo com tempo manual dá 7’ 54, o que também é record pessoal, mas duvido bastante desta marca…
Já nem me lembrava que ias a Madrid! Para a semana vou estar por casa, por isso vou ajuizar as provas de Sábado. Quanto à minha escrita só posso mesmo dizer que para mim é natural, nem sequer requer um pensamento muito elaborado, embora tenha noção de pequenas coisas que ma fizeram trabalhar. Lembro-me por exemplo dos meus primeiros testes de Ciências da Natureza, no 5º ano, onde tinha muitas respostas incompletas, tanto por falta de pormenores como por “a professora sabe o que eu quero dizer”. Obviamente tive de reverter essa situação, e a partir daí as minhas justificações eram intocáveis. Não terá sido só isto, mas é algo que me lembro e me rio.
Por mim podes publicar no teu blog mais esse relato! ;)
Abraço,
Luís Crisóstomo

 

Mais palavras para quê, o Crisóstomo é um daqueles tipos que se cruza na nossa vida e temos de agradecer pelo seu exemplo de superação e de usar tudo o que lhe acontece para seguir a sua caminhada de desenvolvimento.

Bons treinos para ele e para todos…

publicado por ppmiguel às 14:09
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Sábado, 16 de Outubro de 2010

FPA divulga resultados de clubes do Km Jovem 2010

 

Recordam-se do Desafio CorreComAlma Km Jovem e dos respectivos resultados alcançados pelos atletas do CN Rio Maior?

Pois bem, a FPA divulgou finalmente a Classificação Nacional de Clubes. Em boa hora desafiamos vários atletas riomairenses, o entusiasmo foi redobrado e a classificação foi a condizer – melhor marca nacional de clubes 2010.

Continuamos a trabalhar para 2011, com o mesmo entusiasmo e a mesma vontade de vencer. Nestas primeiras semanas de preparação tem sido possível verificar uma excelente atitude de alguns elementos que vão realizando a sua preparação no Estádio Municipal de Rio Maior. Estou certo que o êxito para eles será garantido.

Também há alguns elementos com pequenos problemas e as arreliadoras lesões, a praga que nenhum corredor gosta e que testa a verdadeira capacidade de resiliência (brevemente um post sobre o assunto).

Continuação de bons treinos para todos…

publicado por ppmiguel às 16:49
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

Relatório do Desafio CorreComAlma Km Jovem

Realizou-se este fim-de-semana a prova do Km jovem distrital de Santarém em conjunto com o Campeonato de Provas Combinadas e 1000m para os distritos de Santarém, Lisboa, Setúbal e Leiria. As provas decorreram na Pista Susana Feitor em Rio Maior.

Foram excelentes as marcas conseguidas pelos desafiados a quem entregámos as t-shirts diploma representativas das performances alcançadas.

Vencedores Desafio Km Jovem

Na foto estão, atrás:

Oswald (2,44.32), Pedro (2,49.39), Cristian (2,40.99), Paulo (desafiador), Joana (3,12.13) e Anna (3,20.91).

Á frente, os infantis:

Oleg (3,01.98) Salomé (3,27.51) e Ana Rita (3,26.96)

Parabéns a todos…

Palavras chave Desafio Km Jovem

Quanto aos que desta vez não conseguiram as marcas desejadas, o meu incentivo vai no sentido de continuarem a investir nas suas capacidades. Nós continuamos por cá a lançar mais desafios…

publicado por ppmiguel às 15:15
link do post | comentar | favorito
| | partilhar
Sábado, 27 de Março de 2010

Desafio CorreComAlma Km Jovem

Este fim-de-semana com a realização dos Campeonatos do Mundo de cross encerra oficialmente a época de Inverno 2010.

Como estão recordados foram desafiados para esta Época de pista Coberta, com continuidade para o Ar Livre, vários jovens atletas em diferentes corridas. Queremos aqui destacar e felicitar o desempenho do Cristian Rosa que brilhantemente na prova dos 60mbarreiras conseguiu a marca de 8,84 e por isso recebeu a T-shirt desafio CorreComAlma.

 

Entretanto estão aí já algumas provas de Pista (Ar Livre) especialmente para os mais jovens. Neste sentido, apresentamos o desafio CorreComAlma km jovem. Como já sabem, o nosso incentivo vai no sentido de que cada um se supere a si mesmo e por isso propomos um conjunto de marcas aos atletas da Escola de Atletismo de Rio Maior (CN Rio Maior) que, estamos em querer são ambiciosas e alcançáveis.

Vejamos o quadro de marcas a alcançar para conquistar a t-shirt desafio Km jovem:

 

Objectivos Km Jovem

Escalão

Atleta

Marca

Inf.Fem

A.Rita Canadas

3.32

 

Salomé Santos

3.32

 

Leonor Silva

3.36

 

Outros atletas Inf.F

3.40

Inf.Masc

Oleg Reabciuk

3.05

 

Filipe Vitorino

3.12

 

Filipe Beira

3.17

 

Outros atletas Inf.M

3.20

Inic.Fem

Joana Costa

3.15

 

Mara Ribeiro

3.22

 

Tamara Branco

3.30

 

Outros atletas Ini.F

3.30

Inic.Masc

Cristian Rosa

2.45

 

Oswald Freitas

2.50

 

Miguel Rodrigues

2.55

 

Outros atletas Ini.M

3.00

Juv.Fem

Ana Canadas

3.22

 

Anna Hurlebaus

3.22

 

Outros atletas JF

3.25

Juv.Masc

Daniel Bastos

2.50

 

Pedro Afonso

2.50

 

Miguel Carvalho

2.50

 

Outros atletas JM

2.55

 

Entretanto vou encomendar as t-shirts. Espero poder oferecer…, todas!

Bons treinos e,

Boas Provas para todos.

publicado por ppmiguel às 18:57
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Sábado, 28 de Novembro de 2009

Desafio “Corre com alma” Jovem atleta

 

Estamos a chegar a Dezembro e vêm aí as primeiras provas de pista (coberta). É o momento ideal para lançar mais um desafio corre com alma. Em Junho desafiamos atletas mais velhos, pelo desta vez as marcas a superar são propostas aos mais jovens (quase todos juvenis).
Vejamos o quadro de marcas a alcançar para conquistar a t-shirt desafio (o diploma que certifica o empenho e a atitude que são necessários para que estes jovens consigam as referidas marcas).
Atleta Prova T-shirt Prova T-shirt Prova T-shirt
Jéssica Coutinho 60m 8,10 200m 27,00 60barr. 9,50
Cristian Rosa 60barr. 9,00 200m 24,00 800m 2,04.00
Tamara Branco 60m 8,60 200m 29,00 60barr. 10,50
Kátia Amaral 60m 8,30 200m 28,00 400m 61,00
Diogo Marques 60m 7,20 200m 23,00 400m 52,00
João Oliveira 60m 7,60 200m 24,00 400m 52,00
Hugo Nunes 1500m 4,15.00 3000m 9,10.00 5000m 15,30.00
Daniel Bastos 400m 53,00 800m 2,04.00 1500m 4,15.00
Pedro Beira 400m 53,00 800m 2,04.00 1500m 4,15.00
Helena Correia 200m 28,00 400m 61,00 800m 2,24.00
Rúben Elias 60m 7,60 200m 23,50 60barr. 9,00
Mara Ribeiro 400m 61,00 800m 2,24.00 1500m 4,50.00
Joana Costa 400m 61,00 800m 2,24.00 1500m 4,50.00
Anna Hurlebaus 800m 2,24.00 1500m 4,50.00 3000m 10,45.00
Ana Canadas 800m 2,24.00 1500m 4,50.00 3000m 10,45.00
Miguel Rodrigues 800m 2,10.00 1500m 4,25.00 3000m 9,30.00
Miguel Carvalho 800m 2,10.00 1500m 4,20.00 3000m 9,20.00
Oswald Freitas 400m 54,00 800m 2,10.00 1500m 4,25.00
Barbara Carapeto 800m 2,35.00 1500m 5,15.00 3000m 11,00.00
Criatividade &design (*)        

 

A novidade neste 2º desafio é que abrimos a outros jovens que queiram tomar parte e para além do desafio atlético (marcas a conquistar), desta vez temos também o desafio artístico e criativo (*) que consta de desenhar a t-shirt. Tem as seguintes características:
Participantes: Todos os que queiram, desde que participem em pelo menos 3 das nossas sessões de treino (Estádio Municipal de Rio Maior);
Motivos da t-shirt: desenho que dê a entender a capacidade de superação, conquista e auto-realização;
Logotipo e texto: deve conter o texto “Desafio corre com alma” com o logo que apresentamos ou outro que queiras criar (nas costas “correcomalma.com” seguido de “…eu consigo”).
Cores: todas as que desejares.
Ofertas: t-shirt corre com alma para todos, t-shirt desafio corre com alma (em coolmax) para o vencedor
Envia o teu desenho até 27 de Dezembro para ppmiguel@correcomalma.com
Podes consultar o site da empresa que estamos a consultar para fabricar a t-shirt aqui.
Bons desenhos,
Bons treinos e,
Boas corridas

 

publicado por ppmiguel às 22:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
| | partilhar
Domingo, 9 de Agosto de 2009

Encontro com o maior adversário…, em Berlim?

 

De hoje a uma semana têm inicio mais uns Campeonatos do Mundo de Atletismo, desta feita em Berlim. Mais uma vez de Rio Maior seguirão 5 atletas, um treinador e pelo menos 3 acompanhantes em turística.
Para nós, os turistas, vai ser mais uma oportunidade de férias numa nova cidade, o contacto com novas gentes e claro, de apreciar as performances dos melhores atletas do mundo.
            Tem sido assim nos últimos anos, cada ano, uma nova cidade ou país com o entusiasmo de sempre. Com mais ou menos dias, mais ou menos entradas no estádio posso contar, Lisboa, Leiria, Barcelona, San Sebastian, Sevilha, Munique, Paris, Atenas, Helsínquia, Osaka e Pequim.
            Faz agora precisamente 10 anos, em Sevilha 99, com o estádio cheio, recordo os milhares de espanhóis a gritarem pelos seus e particularmente pelo saltador Yago Lamela e o maratonista Abel Anton, medalhas de prata e ouro respectivamente. Foi talvez dos momentos mais arrepiantes e emocionantes que deu para sentir num estádio, tal era a atmosfera e o barulho e incentivos do público.
Em conversa com um amigo e companheiro de viagem recordo-me das suas palavras durante uma das jornadas, “eu acho que gostaria de correr aqui, isto é como uma festa, com tanta gente nas bancadas, acho que nem iria ficar nervoso”.
Por sinal, esse atleta esteve bastante perto de o conseguir, com marcas muito, mas mesmo muito próximas do acesso a esse tipo de Campeonatos. Contudo, a realidade é que quanto mais próximo mais nervoso e ansioso ele se apresentava, especialmente nos momentos competitivos.
Creio que talvez ele tenha percebido, que o seu maior adversário era ele mesmo. Parece-me que isso é valido para cada um de nós, seja para realizar mínimos para os Campeonatos do Mundo, para ter participação condigna nessa prova lutando por acesso à ronda seguinte, à final, às medalhas, e a qualquer outra actividade ou projecto pessoal em que estejamos envolvidos, o exame, o emprego, a apresentação…etc.
É o nosso verdadeiro confronto, o “eu” com as minhas capacidades e limitações considerando as expectativas que coloquei antemão e o meu desejo de conseguir, de triunfar e de agradar aos meus.
Claro que a competição também é com outros, mas porventura a mais dura talvez seja connosco próprios. Se conseguirmos estar sempre ao nosso melhor nível e ultrapassarmo-nos a nós mesmos, certamente seremos vencedores. Contudo, isso nem sempre acontece. Nem sempre conseguimos render a esse nível.
Faz agora dois meses, participei num evento de “coaching” para empresários. Um dos prelectores, Joseph O´Connor, que apresentou o “coaching” como sendo um meio e um processo que conduz ao que de melhor existe em cada um de nós – “the very best from people”…, “the very best from you”, questionava-se e questionava a assistência acerca dos motivos que levam a que diversas vezes, tal não seja possível. Sendo ex-guitarrista profissional e professor, reparou que em várias das suas aulas, os alunos quando o professor se ausentava da sala tocavam melhor e por sua vez quando este regressava, a qualidade voltava a piorar. Na opinião dele, o professor para aqueles alunos, era um agente de stress que limitava a criatividade.  
Talvez este stress que os alunos de uma qualquer escola de música sentem seja exactamente o mesmo que um principiante sente quando participa pela primeira vez numa competição de âmbito regional, ou o estreante em competições internacionais de seniores, ou mesmo o atleta que tem o “peso” de um país às costas porque existem expectativas de medalhas.
As habilidades psicológicas e a abordagem que cada um tem para lidar com a situação é que são distintas e é possível verificar em principiantes exactamente aquilo que verificamos em atletas de alto rendimento, todo o tipo de actuações – atletas que ficam acima das expectativas e que as superam, atletas que ficam aquém do seu registo habitual, e atletas que cumprem o que se espera deles.
Nas próximas semanas, ao acompanharmos os Campeonatos do Mundo e particularmente no que diz respeito à representação portuguesa, teremos mais uma vez, como habitual neste tipo de provas, todo o tipo de actuações – acima, abaixo e dentro das expectativas.
Alguns atletas conseguem resultados excepcionais em provas “consideradas” de pouca importância e depois sistematicamente naquelas que se “consideram” mais importantes ficam aquém das suas prestações.
Talvez esses atletas se devam questionar a si mesmos, porque isso sucede? Porque razão não conseguem explorar o seu máximo potencial em determinadas situações e eventos?
Talvez esses atletas devessem aprender com os mais jovens. Ou talvez esses atletas e todos nós nos nossos maiores desafios pudéssemos ter a capacidade de reflexão, nos bons e maus momentos, que Car Lewis um dia teve, Todos os atletas deviam ter presente que não se batem com os outros atletas, mas com as suas próprias capacidades. Seja o que for que já tenham conseguido, eles devem continuar a ir para além deles próprios”.
Boa sorte para todos e,
Que vão para além de si mesmos
É o meu desejo.
 
publicado por ppmiguel às 18:48
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

Um ano depois

 

Doze meses e doze dias depois de ter iniciado este blogue é chegada a altura de um breve balanço. A coisa começou em tom de brincadeira e já lá vão 44 posts, 141 comentários e 3064 visitas na hora que escrevo estas linhas. Considerando que fiz uma grande festa quando atingi os 100 visitantes (hehe!!), por agora parece-me que está a ir bastante bem. Com mais ou menos tempo, com mais ou menos coisas para escrever, defini para mim mesmo que pelo menos um post por mês eu colocaria aqui – cumpri.
Entretanto a juntar a estas reflexões, outras têm sido feitas e das muitas dúvidas acerca da razão de diversos acontecimentos passados, parece que uma a uma e no seu devido tempo as coisas vão encaixando tipo puzzle. 2008 foi o ano de uma crise existencial dura mas que tem sido bastante proveitosa pelas marcas que deixou e pelo trabalho que exigiu no que toca a superação pessoal. A crise que me refiro a todos toca nos mais variados momentos, depois, o que cada um faz com ela já é outro assunto.
Se repararmos no que acontece na história dos países, aqueles que sofrem as mais duras intempéries são os que anos mais tarde dão os maiores saltos. A Europa e o Japão foram devastadas pela 2ª Guerra mundial e hoje vemos a qualidade de vida e de economia que por ali existe. Talvez também cada um de nós e à sua maneira tenha de vez em quando que travar determinadas batalhas. Perceber porque acontecem os conflitos, e a partir da devastação que produzem, conseguir reconstruir e trabalhar cada dia para um mundo melhor é tarefa dura e árdua, mas depois de passadas as primeiras etapas e aprendida a lição, vamos seguramente passar para um outro nível muito mais elevado – à comparação, é o nosso Japão interior.
Para os que leram a apresentação deste blogue, talvez se pudesse perceber que nasceu depois dessa tal crise existencial. A procura de aspectos relacionados com a espiritualidade, a razão de determinados acontecimentos e o desenvolvimento pessoal foi uma constante. Entretanto depois desses momentos, novas ideias foram surgindo e muitos aspectos relacionados com questões pessoais, profissionais e de lazer, parecem encaixar numa harmonia e de forma bastante aperfeiçoada.
Para além deste blog, que vai continuar a existir, “Corre com alma”, está a constituir-se como um verdadeiro projecto, com pequenos micro-projectos que se encaixam num todo com a missão de ajudar pessoas a correr mais rápido e especialmente a serem mais felizes porque correm, porque se superam, porque convivem, porque ficam mais saudáveis…, enfim porque vivem…,
Com alma.
Boas corridas a todos…
 

P.S. -  

Terminaram os Campeonatos de Portugal e com eles encerra a época de pista nacional. Por agora seguem apenas a treinar os atletas que estarão em Berlim nos Campeonatos do Mundo de 15ª13 de Agosto.
Alguns despiques interessantes nas jornadas de sábado e de domingo, com a participação dos melhores portugueses no evento.
Um mês depois de ter sido lançado o desafio “corre com alma”, já devo duas t-shirts, uma vez que já existiram 2 atletas (um deles em ambas as provas) a conseguirem a marca pretendida – os meus parabéns pela capacidade, empenho, dedicação e superação demonstrados – exemplos para todos. Outros dois ficaram, para já, bastante perto – vamos ver como será a próxima época…

 

publicado por ppmiguel às 23:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
| | partilhar
Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Desafio “Corre com alma”

 

Corria o ano de 1995 quando o professor Sidónio Serpa nas suas aulas de Psicologia do Desporto falava sobre vários aspectos da motivação. Recordo-me de se ter falado da importância dos prémios na motivação, sendo certo que quando bem utilizados podem servir como reforço do empenho dos atletas.
Fui dar uma vista de olhos aos apontamentos da cadeira, que eram realizados pelo Rocha (o Rocha era aquele tipo que escrevia a 200 à hora, conseguindo apanhar tudo o que o prof. dizia, e claro, mais de metade da faculdade lia e estudava pelos seus apontamentos) e lá estava: “O prémio não vale por si só, mas vale enquanto indicador da qualidade de execução.” Mais à frente diz ainda, “o prémio tem um valor simbólico. No entanto não pode criar uma situação de dependência, pois quando desaparece, o atleta deixa de se empenhar. Ele deve funcionar como motivação intrínseca e não extrínseca.”
Vem isto a propósito de umas apostas que fazia regularmente com alguns atletas, quando era necessário maior empenho em alguns exercícios de determinados treinos. Vai daí e começamos com apostas, ora de gelados, de pastéis de nata ou do lanche, quando eram conseguidas determinadas execuções. Entretanto essas apostas de gelados passaram para algumas competições e as respectivas conquistas de recordes pessoais em determinadas provas. Bem, isto deu um resultado de uma grande conta em gelados que foi paga com todo o gosto.
Como entretanto passaram alguns anos, decidi reestruturar esse tipo de apostas e passa-las a desafio. É assim que nasce o desafio “Corre com alma”. Este desafio, pretende que os desafiados se empenhem no treino e na superação das suas capacidades, oferecendo t-shirts e sapatilhas como forma de reconhecimento dessa mesma atitude e da conquista de determinadas marcas que são apresentadas em função das características de cada um.
A t-shirt ou as sapatilhas são um prémio simbólico, uma espécie de diploma. Digamos que são dois tipos de diplomas, a t-shirt especialmente concebida para este desafio, é o diploma superável com um objectivo alcançável ao desafiado mas que exige da sua parte empenho, dedicação, atitude e perseverança. Quanto às sapatilhas, é uma espécie de diploma “GOLD”, com uma marca muito, mas mesmo muito difícil de alcançar pelo desafiado.
De seguida, apresento-vos o quadro dos 20 desafiados, para este primeiro desafio e as respectivas marcas que devem ser alcançadas até Julho de 2010.
    Marcas   Marcas
Atleta Prova T-shirt Sapatilhas Prova T-shirt Sapatilhas
Nelson Martins 100m 11.24 10.90 Triplo 15.00 16.00
Rui Almeida 100m 11.24 10.60 200m 23.00 21.40
Luis Camilo 100m 11.24 10.75 200m 23.00 21.75
Paulo Ferreira 400m 47.15 46.50 200m 21.50 21.00
Luis Crisóstomo 400m 52.50 48.50 400barr 59.00 54.00
António Almeida 400m 52.50 48.50 800m 2,00.00 1,53.00
Romina Guedes 400m 63.00 56.50 400barr 66.94 60.00
João Lopes 1500m 3,43.50 3,39,00 800m 1,50.60 1,48.00
Sandra Santos 1500m 5,15.00 4,30.00 3000m 11,00.00 10,00.00
Mónica Gonçalves 1500m 5,15.00 4,30.00 3000m 11,00.00 10,00.00
Ricardo Lopes 1500m 4,20.00 4,00.00 5000m 16,00.00 14,50.00
Alexandre Araújo 1500m 4,20.00 3,55.00 5000m 16,00.00 14,50.00
Carlos Cardoso 5000m 16,00.00 14,50.00 10000m 34,00.00 32,00.00
Diogo Henriques 5000m 16,00.00 14,50.00 10000m 34,00.00 32,00.00
Inês Henriques 10000m 36,30.00 32,00.00 1/2 Marat. 1h18.00 1h13.30
Susana Feitor 10000m 36,30.00 32,00.00 1/2 Marat. 1h18.00 1h13.30
Luis Lopes 10000m 32,30.00 30,00.00 1/2 Marat. 1h12.00 1h08.00
Sérgio Vieira 10000m 32,00.00 30,00.00 1/2 Marat. 1h10.00 1h05.00
David Henriques 400barr 59.00 55.00 110barr 17.14 15.00
Nuno Nunes 3000Obst. 9,15.00 8,45.00 5000m 15,00.00 14,30.00
           
Quanto aos gelados, pastéis de nata ou almoços, continuam a ser possíveis e a negociar em aposta treino a treino, ou prova a prova, e para objectivos mais modestos. Por agora, desejo toda a sorte do mundo aos primeiros desafiados e que…,
Corram com toda a alma.
 

 

publicado por ppmiguel às 01:19
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
| | partilhar

.CorreComAlma.com

Blog de apoio ao site www.correcomalma.com

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.fotos corrida

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds